topo

PUBLICAÇÕES

Manual do Arquiteto Descalço

Brasil
Manual do Arquiteto Descalço
EDITORA EMPÓRIO DO LIVRO
Informações e vendas
Tel: (11) 3856.0563
www.b4editores.com.br
e-mail: contato@b4editores.com.brr

Manual do Arquiteto Descalço

Portugal
Manual do Arquiteto Descalço
EDITORA DINALIVROS
Informações e vendas
Tel: 217 122 210 / 217 107 080
www.dinalivro.com
e-mail: info@dinalivro.com

Manual do Arquiteto Descalço

Esse manual foi feito para desenvolver a confiança daqueles que tem o sonho de construir e desejam compreender a relação entre habitação e seu entorno, seus limites e suas possibilidades. Espero que estas pessoas consultem este livro e encontrem nele algumas soluções que facilitem sua realização.

A informação é proporcionada por meio de vários desenhos, quase sempre em perspectiva e da maneira mais clara possível. Parti do princípio que uma imagem pode ser mais explicativa do que vários textos.

O livro também servirá aos assessores técnicos municipais, quando coordenarem programas de melhoramento de habitações, envolvendo e instruindo os construtores das comunidades.

Não se trata neste manual de induzir as pessoas a construírem suas próprias casas na maneira tradicional. O mundo mudou muito; há escassez de materiais tradicionais de construção e de mão-de-obra com este conhecimento. Diante disto, tal tipo de informação seria uma frustração para o leitor. Trata-se, antes, de responder aos desafios atuais da questão habitacional e apresentar alternativas, aplicando no processo construtivo uma combinação de técnicas tradicionais e modernas.

Não se deve pensar que utilizando unicamente uma das técnicas propostas, o construtor vá obter um milagre em sua construção. A combinação de várias técnicas é o que permitirá a criação de um ambiente mais harmonioso para se viver.

Na antiguidade, os primeiros arquitetos amassavam a terra com os pés, para preparar os tijolos. Arquitetos descalços pisando a terra, uma imagem distante de nossa realidade que se afasta cada vez mais da natureza.

Quem mais me inspirou para reunir e compartilhar estes conhecimentos de construção, foi a gente do campo e das zonas "precárias" das grandes cidades. Sua confiança na possibilidade de melhorar suas condições de vida, apesar de todas as dificuldades que enfrentam, foi a base desta obra.

Obviamente não sou autor das técnicas incluídas neste livro; muita gente compartilhou comigo suas experiências, e entre eles, penso com gratidão em Álvaro Ortega, Cláudio Favier, Eduardo Neira, Gabriel Câmara, Gernot Minke, John Turner, Sjoerd Nienhuys, Yves Cabannes.

A edição brasileira deste livro não teria visto a luz do dia sem a cooperação generosa de muitas pessoas. A cada uma agradeço a amizade, a confiança e o apoio. Neste roteiro de afetos, encontro Dr. Georges Guimarães e Dona May, Cristina Cavalcanti, Bia Vieira, Ilian Felinto, Luiz Diaz,, Márcia Gouveia, Edgar Gouvea Jr., Clarissa Moreira, Sidnei Paciornik, Anselmo Santos, Valdo Felinto, Moema Quitanilha, Peter van Lengen, Verônica Flores van Lengen, Verônica d'Orey e tantos que pacientemente e de várias formas, me ajudaram a completar este projeto.

Dedico este livro à memória de Rose, companheira de idealização do Instituto TIBÁ.

Johan van Langen
Rio, janeiro 2003

 

 

TIBÁ